A Giro realizou a produção local da Mostra New Queer Cinema – Cinema, Sexualidade e Política, que aconteceu entre os dias 02 e 12 de setembro de 2015, na Caixa Cultural Salvador.

O termo New Queer Cinema surgiu no fim da década de 1980 para classificar filmes de uma nova geração de cineastas norte-americanos e britânicos que desafiava as normas politicamente corretas com as quais Hollywood e a televisão norte americana tratavam os homossexuais. As produções eram uma tentativa de se criar discussões sobre assimilação e tolerância de gêneros pela mídia e pela sociedade.

O projeto, realizado pelo grupo Luzes da Cidade, reuniu alguns filmes raros – especialmente curtas seminais da época –, que não tiveram sessões públicas no País. O objetivo é reavaliar esse intervalo de 25 anos, a relevância e o impacto do New Queer Cinema e o que ele representa na sociedade contemporânea com novos debates e questões. A programação reuniu 14 longas, 04 médias e 09 curtas metragens, dois debates e um bate-papo com o cineasta canadense Bruce LaBruce.