Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O projeto propõe a apresentação do espetáculo “O Jardim de Humberto Porto”, no Centro de Cultura Banco do Nordeste em Fortaleza, realizando duas apresentações na cidade.

Humberto Porto é descrito por Luiz Américo Lisboa Júnior, em seu livro “Compositores e Intérpretes Baianos”, de 2007, como o principal responsável pela inserção do lamento na rítmica popular do país, e conjuntamente com Dorival Caymmi, Assis Valente e Xisto Bahia,

pilares da difusão do imaginário baiano perante à sociedade brasileira, e da linguagem musical

desenvolvida no Brasil no nascimento do fonograma e no período de ascensão do Rádio. A marcha carnavalesca “A Jardineira”, de sua autoria, composta em 1938, está, até hoje, entre as mais tocadas do carnaval (em 2015 foi a 5º música mais executada no Brasil, de acordo com balanço divulgado pelo ECAD). A Giro prestou consultoria administrativa e prestação de contas do projeto.